O que é a orientação

Um percurso de orientação é constituído por uma partida, tendo como ponto de partida o triângulo seguido de vários pontos de controlo que estão assinalados no mapa com um círculo, unidos por uma linha reta e numerados na ordem em que devem ser controlados.

 

Para provar que passou pelo ponto de controlo, o orientista utiliza um sistema chamado Chip SI ou SportIdent, sendo transportado no dedo do atleta. Chegando a um ponto de controlo o atleta terá de introduzir o seu Chip na estação eletrónica que se encontra perto do ponto de controlo, caso a estação não esteja a funcionar o atleta terá de usar o picotador (conhecido também como alicate) que comprova que passou pelo ponto.

Num percurso de orientação, os orientistas terão de controlar todos os pontos de controlo e de ordem correta, sob pena de desclassificação.

O percurso a seguir entre cada ponto de controlo não está definido, então cada atleta decide o percurso que ira realizar até ao próximo ponto. Este elemento de escolha de percurso e capacidade de navegar entre florestas ou cidades é a essência da orientação.

A maioria das provas de orientação é utilizado partidas intervaladas, mas existem outros tipos de partidas sendo um tipo de  partida em massa em que a partida é realizada por todos os atletas ao mesmo tempo no mesmo espaço.

O grau de dificuldade dos mapas varia de acordo com a categoria (fácil, médio, e difícil) e conforme as idades (entre os 10 e 80 anos).

Chip SI 

Ponto de controlo

Ponto de controlo

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now